sábado, 27 de fevereiro de 2010

Faroeste Gaudério

Mataram o Secretário de Saúde de Porto Alegre.
Jogaram o Embaixador do Rio Grande do Sul morto de uma ponte em Brasília.
Executaram o vice-presidente do CREMERS.
Deram seis tiros à queima roupa e madaram pro inferno um publicitário na Praça da Matriz.
Jogaram um empresário ligado às doações de campanha da tia Yoda de um prédio em Goiás.
Estourou bomba na porta da embaixada da Itália.
Tacaram fogo em gabinete na Câmara de Vereadores.
Um outro empresário escapou da morte depois de ter virado alvo de vários tiros em plena rua.
E o que mais???
Alguém está contabilizando a quantidade de atentados que vêm ocorrendo na vida dos gaúchos nos últimos anos?
Impressionante, mas esses articulistas/especialistas de merda que aparecem vez ou outra pra falar mal do MST, das FARC, pra atentar à população de uma luta armada da esquerda que dificilmente aconteceria não mencionam que as milícias da direita estão a mil por aí.
Vivemos em um Estado sem lei por aqui.
Aposto que os "altos escalões" sabem muito bem quem são os perpretadores dessas atividades belicosas e terroristas, aliás, apostaria que são os próprios brigando entre eles.
E tem mais, a polícia não tem pego ninguém. Ninguém!
Se tivesse havido algum revés nas frentes dessas milícias, provavelmente o volume deste tipo de acontecimento diminuiria, não aumentaria assustadoramente.
Como seguir fazendo alguma coisa pra mudar nossa realidade?
Como punir esses filhos da puta se, em seguida, alguém de sua família pode aparecer morto, ou você mesmo, executado, com a polícia dizendo que foi em tentativa de assalto, que no dia seguinte pegaram os assassinos, dois indivíduos de vila, ligados ao tráfico, que morreram em troca de tiros com a brigada. Pronto, caso resolvido! Com notícia estampada no jornal e tudo!
Eu, sinceramente, tenho medo.
Vivemos sob o comando de uma legítima máfia organizada - DE DIREITA!
Eles mandam.
Será que não são por essas razões que o PT descambou, por exemplo?
Ou entravam no esquema e não mexiam em determinadas coisas ou amanheceriam com a boca cheia de formigas.
Alguém lembra que um vereador, Juarez Pinheiro, certa vez foi mexer com os processos políticos do Montepio e levou uma surra em plena Cidade Baixa?
E os casos escabrosos do DCE da PUCR$??? Das eleições pra Conselho Tutelar?
Cachorros de família já devem ter amanhecido boiando em piscinas da cidade...

6 comentários:

Hélio Sassen Paz disse...

Guga,

E tem ainda a novíssima geração dos falcões de Yale (DCE da UFRGS, de terno e gravata, posando para foto com a Yeda, contrariando o discurso "apartidário", que o blogueiro disse ser juventude do PP). Estranhamente, o Feil deletou o post...

[]'s,
Hélio

Anônimo disse...

Repito:
E desta cláusula do contrato com a OAS, o que achas?

12.1. Quaisquer disputas ou divergências oriundas do presente contrato ou de sua execução, incluindo as relativas à interpretação e aplicação desta cláusula, deverão ser dirimidas em caráter definitivo e vinculante com base no Regulamento do Centro de Arbitragem da Câmara de Comércio Brasil-Canadá vigente à época da solução do litígio, por meio de um tribunal arbitral composto de 3 (três) árbitros escolhidos em conformidade com referidas regras. A legislação brasileira será aplicável, sendo vedado o recurso a qualquer outra legislação e julgamento por equidade.

Guga Türck disse...

Me parece uma cláusula comum, que se referencia a determinada regra pra discussões e aponta fórum pra resolução de litígio - salvaguardando a legislação brasileira (até porque nenhum contrato pode sobrepô-la).

Qual o seu ponto?

Eduardo Simch disse...

Guga, Muito bom esse texto, postei no meu blog, com os devidos créditos e link de retorno.
abraço
www.esimch.blogspot.com

Eduardo Simch disse...

Ops, corrigindo, eu postei no blog www.ratoqri.blogspot.com

abraço

Dialógico disse...

Guga, teve a bomba na lancheria em frente ao pórtico da Sta. Casa na Independência tb.

Tá muito esquisito isso tudo mesmo...