quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Antítese

Voltando ao que interessa, que é a busca pelo Tri no Brasileirão, como sempre, percebe-se que subestimam o Tricolor.
Diego Souza, um medíocre que foi levantado do limbo pelo Manto Sagrado em 2007, que depois preteriu proposta do Grêmio em favor do Palmeiras (não caiam nessa história de que o Benfica que definiu o negócio. Quem decidiu entre Grêmio e Palmeiras foi o jogador! Ou vocês acham que um clube rasgaria 500 mil euros...), soltou a seguinte declaração:

“O Grêmio vem perdendo pontos nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro e o Palmeiras está vivo. Na próxima partidas, nós temos um jogo fora contra o Atlético-PR, enquanto eles jogam contra o Vasco, que está subindo de produção, em casa. Se vencermos em Curitiba, e depois passarmos pelo Sport, no Palestra Itália, podemos assumir a liderança contra o Cruzeiro. Mas, mesmo que demore um pouco mais, a pressão que estamos fazendo no líder é muito grande! (…)Com 16 rodadas pela frente, nós sabemos que muita coisa vai acontecer no Brasileiro. Existem muitos pontos em disputa. O importante é o Palmeiras continuar vencendo os seus adversários. Quando o Grêmio falhar, o nosso time assume a liderança e não perde mais” – disse o jogador.

Pois eu fui lá e fiz a minha:
“O Palmeiras vem perdendo pontos nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro (perdeu pra inter e Botaogo) e o Grêmio é líder. Na próxima partida, nós temos um jogo em casa contra o Vasco, enquanto eles jogam contra o Atlético-PR, que está mal, mas sempre é difícil na Arena, em casa. Se vencermos no Olímpico, e depois empatarmos com o Fluminense, no Maracanã, podemos abrir 9 com relação ao Palmeiras no jogo contra o Goiás, e a disputa da liderança passa a ser contra o Cruzeiro. Mas, mesmo que a gente tropece, a pressão que estamos fazendo nos outros concorrentes é muito grande! (…)Com 16 rodadas pela frente, nós sabemos que, mesmo com muita coisa a acontecer no Brasileiro, temos 2 rodadas de vantagem, ou seja, para nós restam 14. Existem muitos pontos em disputa para todos. O importante é o Grêmio continuar pontuando. Quando o Palmeiras falhar, ou o Cruzeiro, o nosso time dispara e não perde mais” – disse um Tricolor.

Tudo é uma questão de ponto-de-vista!
E gosto muito mais do meu.
Difícil pra nós, pior pra eles.
Pedreira pra nós, pedregulho pra eles.
Vamos perder? Eles também.
Só não dá pra repetir o desempenho dos dois últimos jogos como se fosse um padrão de jogo...
Acorda, Roth! Depois dessa, não sei se tu vais ter outra oportunidade...

Um comentário:

Rodrigo Cardia disse...

Também prefiro o teu ponto-de-vista...
Mas hoje nem vou ao jogo. Pior: tenho aula com um professor que é colorado fanático.
Azar o dele, vou levar rádio para acompanhar o jogo... Mesmo que o que eu queira mesmo seja o Tri do Brasileirão.

Abraços!