segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Curva descendente

Está na hora de mexer, mudar, sacudir as coisas.
O jogo contra o Náutico foi simplesmente patético.
E este tipo de baixos e baixos (sim!) só vai nos levar pra um lugar: a 4ª posição no campeonato.
Está na hora de Roth demonstrar que é um técnico que merece respeito mesmo, que tem o time nas mãos.
TEM QUE MEXER!
Anderson Pico precisa urgentemente sair do 11 titular. O cara comprometeu demais nos dois últimos jogos.
Alguém precisa encostar no William Mangolão e no Rafael Carioca e avisar pra eles que eles não são craques coisa nenhuma e que precisam, sim, se esforçar a cada partida pra conquistarem títulos e titulações.
Paulo Sérgio já deu sua grande contribuição ao Tricolor, acertando 2 cruzamentos em 40 jogos - chega! Bancão pra ele.
As laterais viraram duas avenidas...
E pro ataque, ou sai o Tcheco e entra o Souza, ou sai uma das duas ilhas ali da frente e se muda o esquema, jogando-se com dois meias de aproximação e um atacante enfiado - algo parecido com o que fazia o Mano Menezes, mas, ao invés de 4-5-1, seria um 3-6-1.
Confesso que esta última alternativa é a que mais me agrada.
Está também na hora de parar de insistir com alguns jogadores, como o André Luís...
Quer dizer, TEM QUE MEXER!
Sob pena de perdermos uma oportunidade ímpar que nossos adversários, inclusive, estão nos dando. Já são duas rodadas de parco futebol, de risíveis resultados e a diferença permanece em 5 pontos.
Não dá pra deixar a peteca cair!

2 comentários:

RICARDO ® disse...

Realmente... ontem foi deprimente. Time que joga assim não ganha nada.
Tem que mexer mesmo... agora é que eu quero ver se o tal Sexy Rottweiler é mesmo o técnico que a imprensa "força" a torcida a aplaudir todos os jogos no Olímpico. Ainda tenho meu pé bem atrás com ele... tomara que eu esteja errado.
Da-lhe Tricolor

Anônimo disse...

Desesperar jamais!!!

Ainda tem muita água para correr nesse ponte e se chegarmos entre os quatro será um puta resultado

Na dúvida, oremos ao céu.

Jorge Vieira