segunda-feira, 8 de junho de 2009

10° Boteco Tricolor! Especial...

Gravado na última sexta.
Dê um play aí e vai navegar em outra janela, vale a pena - ainda mais se tu escutas sempre os mesmos programas das rádios aqui de Porto Alegre...
(nos primeiros 15min, um pequeno problema com um dos microfones, depois, uma beleza!)










Para o código html do Boteco, clique aqui.

8 comentários:

Anônimo disse...

Amigos do Boteco Tricolor!
Parabéns pelos assuntos abordados no Boteco 10. A questão do preconceito deve ser um tema tratado mais vezes porque não é exclusivo ao Grêmio. Um forte abraço gremistão.
Sergio A.E. Soares

Jorge Vieira disse...

Ontem, pela primeira vez, acessei o Boteco e gostei. Inegavelmente que é uma inovação que as novas tecnologias permitem e, no limite, é uma rádio fora dos padrões. Muito legal! Parabéns!

Não acompanhei os últimos 5 minutos e ficou faltando, ao para mim, a razão da extinção da Coligay. Tens algumas informação?

gremiodecoracao disse...

Adoro o Boteco Tricolor. Parabéns! x)



abraço.

Anônimo disse...

História e memória é muito bom...

Anônimo disse...

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a2351606.xml

Polícia | 30/12/2008 | 12h34min
Justiça aceita denúncia de tentativa de homicídio contra torcedores do Grêmio
Há provas de que trio da Geral participou de ataque a integrantes da Máfia Tricolor
Jocimar Farina | jocimar.farina@rdgaucha.com.br

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri Felipe Keunecke de Oliveira aceitou denúncia do Ministério Público Estadual (MP) contra três torcedores da Geral do Grêmio por envolvimento na tentativa de homicídio contra dois integrantes da Máfia Tricolor, também do clube da Capital. Marcos Fabrício Pinent Sampaio de Oliveira, o Sagati, 23 anos, Diego da Costa Oliveira, o Feijão, e Vagner Rodrigo Roza da Silva, o Rebeka, foram denunciados pela promotora Dirce Soler, da Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Porto Alegre.

Segundo Dirce, há provas suficientes para afirmar que os três participaram do atentado contra os torcedores Lucas Ballardin, 19, e Marçal Santos, 30, em 16 de novembro, na saída do jogo do Grêmio contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro, próximo ao Estádio Olímpico.

Segundo testemunhas, Rebeka é o dono do Corsa que, na Rua José de Alencar, quase atropelou torcedores que saíam do jogo. Dentro do carro dele estavam Sagati e Feijão. Testemunhas disseram que Sagati efetuou disparos na rua e Feijão seria o responsável pelos tiros contra os torcedores.

Em 28 de novembro, a Delegacia de Homicídios havia realizado uma operação que prendeu preventivamente três torcedores da Geral do Grêmio. Outros seis não foram encontrados e são considerados foragidos. No dia 4, o juiz Oliveira concedeu liberdade provisória a seis dos integrantes da Geral que tiveram pedido de prisão preventiva decretada pela Justiça.

A medida beneficiou diretamente a três dos que estavam presos. Sagati, que se apresentou à polícia em 2 de dezembro, permaneceu preso, pois já naquele momento havia informações que apontavam para sua participação na tentativa de homicídio. Feijão e Rebeka permanecem foragidos.

Em 5 de dezembro, o delegado Bolívar Llantada, da Delegacia de Homicídios, indiciou 12 torcedores pelos crimes de formação de quadrilha, preconceito racial e tentativa de homicídio. Seis integrantes da Geral, que não foram denunciados pela promotora pelo ataque a Ballardin e Santos, continuarão sendo investigados pelo crime de preconceito racial. Contra outros três, que não tiveram o pedido de prisão preventiva decretada, houve o arquivamento do processo.



http://www.cpovo.net/jornal/A114/N92/HTML/24TORCED.htm


CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 31 DE DEZEMBRO DE 2008 e QUINTA-FEIRA, 1º DE JANEIRO DE 2009

Torcedores denunciados pela Justiça


O juiz Felipe Keunecke de Oliveira, da 2ª Vara do Júri da Capital, aceitou denúncia contra três integrantes da torcida Geral do Grêmio. Vagner Rodrigo Roza da Silva, Marcos Fabrício Pinent Sampaio de Oliveira e Diego da Costa Oliveira respondem por tentativa de homicídio. No dia 16 de novembro à noite, depois de uma partida disputada no Olímpico, dois torcedores foram baleados, um no peito e outro na cabeça. Ambos sobreviveram. 'Há indícios suficientes de autoria e materialidade delituosa envolvendo os acusados', assegura o magistrado.
O acusado Marcos Fabrício Pinent Sampaio de Oliveira encontrava-se detido preventivamente no Presídio Central de Porto Alegre. A prisão preventiva para os demais acusados já foi decretada. Outros seis torcedores indiciados por tentativa de homicídio, formação de quadrilha e rixa tiveram denúncia arquivada. O juiz determinou o envio da cópia integral do inquérito policial a uma das varas criminais do Foro Central para que sejam tomadas as medidas cabíveis em relação ao crime de prática, indução ou incitação a preconceito de cor.

Ana S. disse...

Guga!
Tô super atrasada com os Botecos, consegui escutar o 10 apenas hoje. Ah, comecei a usar o CCleaner e não deu mais problema para carregar os programas. Obrigada pela dica!

Ando sem tempo por causa dos trabalhos da facul, mas nessa semana ficarei em dia com as edições do Boteco.

Quero parabenizar a equipe do Boteco pela realização dessa edição especial. Adorei tudo o que ouvi, principalmente esclarecimentos a respeito do Grêmio x torcedores negros e jogadores negros e também colocações a respeito da participação de homoafetivos na torcida. Sou totalmente contra homofobia e também acho inadmissível preconceito contra negros ou qualquer minoria. Esse tipo de comportamento é um verdeiro atraso e não pode ter nada a ver com nossa vida atual e muito menos com a torcida gremista.

Tô só esperando alguém vir com a papagaiada de sempre a respeito do time do Grêmio ser um dos últimos a admitir negros e mais todas as bobagens que são ditas a respeito de negros que optam por torcer pelo Grêmio. Podem vir quentes que estou fevendo!

Abraços a todos e continuem com os Botecos! É minha diversão e principal fonte de informações tricolores nas noites solitárias de projeto com autocad.

Rodrigo Cardia disse...

Assim como a Ana, eu também estava atrasado com os Botecos. Agora consegui tempo para ouvir, e esse programa de 08/06 foi o melhor até agora! Debate de altíssima qualidade, o que certamente não veremos na "grande mídia".

Abração!

Guga Türck disse...

Valeu, gente. Nós vamos tentar seguir fazendo esses "especiais" sempre que possível...

Saudações Tricolores!