terça-feira, 11 de março de 2008

E por falar em Detranduto...

A direita guasca é phoda.
Não dão ponto sem nó.
O problema é que são burros barbaridade...
Esses dias o tal de Adílson Troca, do PSDB, lançou nota oficial - release - com as suas considerações e opiniões sobre os depoimentos de 2 ex-presidentes do Detran da época do Olívio.
Acontece que os caras nem tinham falado à CPI ainda!
E esse Troca é o RELATOR da comissão.
Sabe o que significa isso?
Simplesmente que se faz toda a CPI para se votar ao final o seu relatório.
Aprova-se o que ele escreveu/concluiu, ou não.
Pode até ter relatório paralelo, mas o dele é o que vale, que vai ficar nos anais, que pode dar base para alguma atitude oficial da Assembléia.

E teve hoje o vice-presidente da comissão dizendo pro Lassiê Martins, na Rádio Gaúcha, que ficavam sabendo de fatos novos da investigação através da imprensa! Da coluna da Rosane de Oliveira...
Como assim?!
Quer dizer que não tem gente investigando nada então...
Pois leiam os jornais e tomem suas decisões.
Finjam que trabalham e nós fingimos que votamos depois, nas urnas, mas o dinheiro que tá indo nessa história é verdadeiro.
Salário do deputado e a verba do gabinete estão em dia, não?

Sobre trapalhadas e mais trapalhadas da Rainha das Pantalhas, dona Yeda Cruises Credo, leia os blogs:
- Diário Gauche
- RS Urgente
- La Vieja Bruja

*na foto, o famigerado release do deputado Troca-troca

2 comentários:

Filipe Sandrin Morais disse...

Sugiro que você peça a santificação de Olívio Dutra ao Vaticano! Este senhor, é da mesma laia de todos os políticos, não se iluda pra depois não ficar com cara de marido traído como ficaram aqueles que acreditaram em José Dirceu, Genoíno, Lula, Professor Luisinho, Zeca do PT... Corja de safados!!!!

Guga Türck disse...

Pois é. Maldito PT!
Vira o disco, meu camarada...
Essa situação tá te deixando sem pai nem mãe, hein?

Só para ficar claro uma coisa. Este blog não é petista, mas tem admiração por Olívio Dutra.
É um blog de esquerda e tem a consciência de ser impossível fazer quaisquer tipo de comparação entre "corjas" - porque estas são todas iguais, independentemente das cores.