segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Juizinho salafra

Quem vasculhar os arquivos deste blog vai ver como detesto esse juiz de merda que é o Héber Roberto Lopes.
Ele é um salafrário sem tamanho.
Deve ser torcedor do Atlético-PR, porque odeia o Grêmio.
Já procurei estatística, mas não achei. No entanto, de memória, 80% das vezes que esse desgraçado apitou jogos do Tricolor nós perdemos.
No sábado, quase aconteceu isso.
Esse pústula fez uma arbitragem patética, desgraçada e muito mais que tendenciosa.
Se pudesse, chutava a bola pra dentro das redes do gol de Victor.
Sonegou dois pênaltis, deixou Carlos Firula Alberto e Túlio Raivosinho apitarem o jogo e "marcou" o centroavante Morales como ninguém.
Só pra constar, fizemos uma observação no jogo. No primeiro tempo, até o Grêmio empatar a partida, o botafaísca vinha amorcegando, mantando tempo, fazendo cera.
E... nada! Nenhuma repreensão do "seu juiz".
Pois foi o Tricolor virar no segundo tempo pra esse bosta acelerar a partida. Teve um lance, inclusive, que ele vai e tira a bola das mãos de um dos jogadores do Grêmio e a coloca com maestria, jogando-a com as mãos daquele jeito "rosqueado" ao chão, perfeita aos pés do batedor, que nem precisou ajeitá-la para colocar rapidamente em reposição.
Incrível!
Na arquibancada já nem reclamávamos mais. Deu até um desgosto, uma vontade de ir embora...

7 comentários:

Kayser disse...

Arbitragem cretina mesmo! E é a 4ª na sequência: Goiás, Atlético-PR, GREnal (a nosso favor não vale bater a falta rapidamente!) e Botafogo. O Luxa e a Traffic agradecem.

heliopaz disse...

Guga e Kaiser,

Nenhuma novidade: eu e a Lu temos reparado que o GRÊMIO tem sido covardemente (e, quem sabe, até corruptamente) garfado.

Se até o MAURO BETING da BAND e do LANCE, paulistano e palmeirense assumido, publica a cada rodada a pontuação dos benefícios e dos prejuízos causados pela arbitragem no BRASILEIRÃO e o GRÊMIO deveria estar NOVE PONTOS à frente do PALMEIRAS, definitivamente podemos descartar qualquer paranóia ou teoria da conspiração.

Afinal de contas, contra fatos não há argumentos: não existe teoria mas, sim, prática da armação.

Além das arbitragens dentro de campo, tem ainda o STJD fora das quatro linhas: o DIEGO SOUZA deveria ter levado um gancho daqueles, mas não levou.

JAMAIS NOS MATARÃO!!!

[]'s,
Hélio

gremiodecoracao disse...

foi riidiiiiculo esse juiz! ¬¬ minha vontade (assim como várias pessoas) era de entrar naquele campo e mandar ele se fuder. ;x pênaltis, faltas, não marcava nada! ;~

beijos.

RICARDO ® disse...

O pior que que ta tudo na cara... e nada acontece...
O cara fez uma arbitragem desastrosa, mas e dai? Continua tudo na mesma.
Vamos ao estádio ver jogos de futebol e não de politicagem e corrupção. Eu não vejo solução, o que é lamentável...


Abraço Guga

gremio1903 disse...

Desculpem, mas não ocorrerá nada. Se teremos que conquistar esse título, terá contra tudo e contra todos. Contra STJD, contra o péssimo nível da arbitragem ou contra a torcida contra de parte da imprensa esportiva do centro do país. Nada que fuja do nosso contexto e das nossas maiores conquistas, por isso, que elas se tornam tão especiais. Héber Roberto Lopes é apenas mais um péssimo arbitro brasileiro, um entre vários. Mas quando o time se focou e parou de polemizar sobre esses fatores externos, a vitória surgiu. Foi assim contra o Botafogo, mesmo com um pênalti claro não marcado, vencemos. E é assim que teremos que seguir em frente. Saudações Guga e galera.

Alvaro Andrade disse...

Guga, assunto extra-campo: posso postar aquele teu comentário no Diario Gauche (dos comunistas, Manuela, Une...) no meu blog? http://www.alternamidia.blogspot.com
Aproveito pra pedir se tem espaço nos favoritos. Te leio seguidamente e embora não tão apaixonado, tbm sou um gremistão!
Abraço

Guga Türck disse...

Vai firma, Alvaro.
Cita a fonte, não manipula o que escrevi e tá na boa.

E vou te colocar aqui na minha lista, sim.

Abração!