sábado, 7 de março de 2009

Renê ou Renato?

Na minha opinião, está tarde demais pra demitir o Celso Roth. E não adianta, não torcerei de jeito nenhum contra o Grêmio no jogo da Colômbia para que ele caia.
Agora, se é pra ele ficar, que fique e seja campeão da Libertadores - apesar da total incredulidade na capacidade dele de conseguir este feito.

Caso o desastre - que é iminente, infelizmente - ocorra, eu teria duas sugestões para dirigir o time no restante da temporada:
Renê Simões e Renato Portaluppi.


O primeiro é um estrategista, de reconhecida competência. Saiu do Fluminense por decisão política da diretoria para trazer de volta o ridículo Parreira.
O segundo, muito identificado com o espírito que o Grêmio necessita retomar. Já fez bons trabalhos em alguns clubes na sua ainda incipiente carreira de treinador - chegou a uma final da Libertadores, mas precisa falar menos.
São dois profissionais de características bem diferentes. Sendo assim, no momento, veria com melhores olhos a contratação de Renato Portaluppi, pelo perfil da "chacoalhada", da auto-estima lá em cima, do que representa a sua imagem. Renê me parece que seria uma opção melhor pra um início de temporada, pra construção de um trabalho.
Sei lá... Me pego falando sobre estes nomes, mas a nossa direção de futebol me parece eunuca e vai continuar apostando no Roth.
É uma pena, vai tirar muita gente do estádio.
Lamentável e desagradável.

13 comentários:

Jorge Vieira disse...

Guga!

Antes de discutir um nome deveríamos ter um modelo de equipe. O técnico deve ter esse referencial para montar o onze jogadores e o estilo de jogo.

Guillermo disse...

é sério isso???

ao falar de política você é tão inteligente, não leva a sério a campanha da imprensa e tudo mais e ao falar de Grêmio esquece tudo e com toda passionalidade fala em Portaluppi e Renê Simões? Tchê... você CERTAMENTE não sabe do que está falando. Sabe por que Renê Simões saiu do fluminense? Por que não aceitou interferência da direção? Sabe por que o Mancini saiu no ano passado? Por que não aceitou interferência da direção. Você consegue identificar um padrão de comportamento? Ele NUNCA daria certo aqui.

Ahhh... e sobre o Portaluppi só posso dizer que lugar de ídolo é na sala de troféus (que por sinal anda pouco atualizado nos últimos anos).

Sobre essa bobagem de tirar gente do estádio só se pode dizer que quem deixar de ir ao estádio por isso não é gremista. Harsh words, I know, but true...

O nosso problema com o "professor" juarez é exatamente este: não há opções e quem se arrisca a tentar enumerar acaba falando bobagem.

Só concordo com você no que tange a exigir alguma ação da direção: como estamos presos ao "mestre" precisamos que alguém coloque ele nos trilhos ou que consiga que algum técnico realmente de ponta quebre seu contrato e venha (algo praticamente impossível).

Eu comecei a ler o seu blog pelo Grêmio (apesar de me identificar com você também no plano político), mas ultimamente não está mais dando para ler a cornetagem. Por enquanto vou ficar com os seus posts de mst, yoda, chavez...

Abraço e DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Kayser disse...

Concordo contigo, Guga. Tanto o Renê como o Renato são melhores do que o Roth. O Renato já ganhou uma Copa do Brasil e quase ganhou a última Libertadores. Coisas que o Roth, com muito mais tempo de carreira, sequer chegou perto. Renato tem perfil motivador e se dá bem em competições tipo mata-mata.

Está na hora dos defensores do Roth acharem um argumento melhor do que esse papo de "não tem outro, tem que ser o Roth mesmo". Há pouco mais de um ano, ninguém sequer cogitava o Roth no Olímpico. Agora, de uma hora para outra, virou o único disponível. Pelo salário que ganha, deveria fazer mais do que perder todos os Grenais e tomar gols de bola parada em todos os jogos. Não deve ser difícil achar alguém que faça o mesmo com um salário mais baixo. Nem alguém que faça um pouquinho melhor do que isso.

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

Isso: tragam o Renato fanfarrão!
Aquele q arrota Mundial
E termina na Segunda Divisão!

É bem a cara de vcs mesmo! KKK

E 4ª feira tem Boyocá x Bocoyó! KKK

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

Perguntas "Imortais":

1) Será q o Santa Cruz é parâmetro para a Libertadores?

2) Se ñ estão ligando para o Gauchão pq da crise?

3) Se o buRoth ganhou o Grenal do Fabiano cachaça e dos 5 a 2 em 97, pq estão dizendo q ele ñ ganha Grenal?

Agora vc sabia q...

1) Se o Campeão de Tudo ganhar o segundo turno (a Taça Fábio Koff) será campeão gaúcho? E q terá ganho a Tríplice Coroa Estadual? Sim, são três Taças: Carvalho, Koff e a do Estadual!

2) Quarta-feira haverá o confronto do Boyacá contra o Bocoyó?

3) Duda Kroeff, atual presidente do Grêmio, era dirigente junto com Obino no bi-rebaixamento de 2004?

Pois é Imortal Sofredor vc tem mtos motivos de sobra para estar de cabelo em pé! KKK

Rodrigo Cardia disse...

Kayser, é verdade que o Renato ganhou uma Copa do Brasil, mas vejo tal conquista como exceção. Ele é gremistão, ídolo maior do nosso Tricolor, faria o estádio lotar até em treino, mas ainda não pode ser considerado um bom treinador. Talvez servisse para dar uma chacoalhada no time, para não afundar na Libertadores (que é "tiro curto" na primeira fase, e depois vira mata-mata). Mas ano passado o Fluminense perdeu a Libertadores e não conseguiu reagir no Brasileirão (ainda mais depois que o Renato falou demais, como disse o Guga), se limitando a brigar contra o rebaixamento.
Renê Simões, esse sim, é bom treinador. Mas concordo com o Guga: seria uma opção melhor para iniciar a temporada (o que poderia ter sido feito esse ano, ao invés de se manter o Roth com esse salário que é um escândalo).

Quanto ao visitante colorado, o Jorge Nogueira: o Guga pediu a ele que respeitasse o espaço que é GREMISTA, mas ele insiste em não respeitar... E depois reclama que seus comentários são apagados.

Rodrigo Cardia disse...

Mas, assim como o Guga, não vou de jeito nenhum deixar de ir ao estádio.
E mais: o Roth pode ter mil defeitos, mas me recuso a vaiá-lo antes dos jogos. Se ele errar, se o time jogar mal, que se vaie DEPOIS DO JOGO. Antes, temos que apoiar. Independente de qual seja o técnico, é o GRÊMIO que joga!
Quem quiser vaiar, que fique em casa e deixe espaço no Olímpico para quem quer TORCER!

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

Camarada Rodrigo: lembra o q te falei no final do ano passado sobre celebrar o vice do Brasileirão? Lembra q eu havia dito q se voltaria contra vcs? Está aí o resultado! Na época o camarada ñ quis me dar ouvidos!

A atitude de comemorar o vice deixou a Direção acomodada. Daí como o povão gostou a primeira medida foi manter o buRoth, q todo mundo já sabe quem é!

Se fosse no Gigante daria crise, com Portão 8, demissão de treinador e reformulação do grupo. Mas na Azenha foi celebração!

Agora aguentem firme!

Jorge Vieira disse...

O Klu Klus Klan Colorado, ou o Maia dos blogs gremistas, dando dica de como deve ser comportamento da torcida do Imortal. Eta mundão louco!!!

Além do Roth o KKK ditando regra. Como ser feliz assim?

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

Ñ Xará longe de mim ditar algo! Só mostrei o qto tem sido nefasto pra vcs mesmo essa postura de comemorar coisas descabíveis como Série B e vice-campeonato! O dia em q a fichar cair - se é q um dia vai cair - já será tarde pois o Brasil inteiro já os chacoteia por esses micos! KKK

Luciano Vargas disse...

Campeão de "tudo", o Brasil inteiro já os chacoteia por esses micos:

"Por consolação, Internacional infla Copa Sul-Americana"

http://www1.folha.uol.com.br/folha/esporte/ult92u474401.shtml

KKK digo eu!

heliopaz disse...

Guga,

Não sou obrigado a concordar com tudo, assim como ninguém é obrigado a concordar comigo.

Grande parte da defesa que eu faço à permanência de Celso Roth deve-se ao fato de eu ser extremamente pessimista e descrente em relação aos COJONES do plantel do GRÊMIO (o IMPEDIMENTO tem um post sensacional, onde fala na síndrome da NÁDEGA FLÁCIDA do capitão TCHECO).

Além disso, devido à amostragem, confio tão-somente em dois técnicos POR QUEM O GRÊMIO PODE PAGAR NA ATUAL PENÚRIA (jamais se esqueçam disso): VAGNER MANCINI e DORIVAL JÚNIOR.

O melhor de todos esses jovens é inviável (ADILSON BATISTA). MURICY, LUXEMBURGO e MANO MENEZES só trabalham onde existe MUITO dinheiro.

Outra questão: não existe NENHUM treinador que preste no interior, sendo que quase todos os nossos títulos foram conquistados com técnicos gaúchos.

Com ROTH, o GRÊMIO, com esse plantel medroso e subserviente, rebaixado não será. Campeão, tampouco. Isso configura a mediocridade. Porém, o que seria acima da média está praticamente fora do nosso alcance e o que está abaixo da média representa a tênue diferença entre o que se tem e um seriíssimo risco de rebaixamento.

Agora... Não adianta nada derrubar o ROTH se não tivermos volantes bons, um zagueiro experiente do lado esquerdo e se a direção de futebol (KRIEGER e MEIRA) também não pedir o chapéu.

[]'s,
Hélio

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

Antes inflar a Sulamericana do q a Série B!