terça-feira, 12 de maio de 2009

Direita gaudéria radicaliza e derruba monumento a Sepé Tiaraju em São Gabriel

Não bastou matar São Sepé Tiaraju. Era preciso matar também a sua história.

Acaba de ser posto abaixo pelo poder municipal de São Gabriel um monumento a São Sepé Tiarajú e 1.500 companheiros mártires. Esse desrespeito aos que souberam dar a vida em favor dos irmãos do Povo Guarani e das próprias Missões Jesuíticas, se insere numa sequência de antecedentes que parecem não ter fim.

- leia a íntegra no Diário Gauche, clique aqui.

obs: até onde vai isso? Esse fundamentalismo xiita da direita precisa urgentemente ser cessado...

2 comentários:

Vinícius Ribeiro disse...

Prezado Guga Turck!
Visitei link que aconselhou nesta postagem e apresso-me a corrigir algumas informações que acho estarem erradas:
1º A foto que ilustra esta postagem não é do simbolo interditado em São Gabriel, mas sim encontra-se na cidade natal de Sepé: São Luiz Gonzaga, aqui nas Missões.
2º Esta estátua não foi projetada por Oscar Niemeyer(não sei de onde saiu essa; muito me honra a comparação) mas sim deste humilde escultor.
3º O símbolo interditado em São Gabriel é na verdade: sete palanques de eucaliptos amarrados em pé, em cima dele há uma cruz Missioneira. Pelo que sei um dos palanques apodreceu e o proprietário do local(pois o local é particular) interditou a área com medo de acidentes até que as autoridades competentes consertem. O motivo da demora desconheço...
4º Caso queira saber significado da estátua que encontra-se aqui em São Luiz Gonzaga, favor visitar meu blog:
viniciusribeiroescultor.blogspot.com
Forte abraço a todos.

Guga Türck disse...

Bah, Vinícius, que fora deu o Feil...
A internet é meio complicada às vezes.

Agradeço o aviso.