sexta-feira, 1 de maio de 2009

Quando você acha que não dá mais pra baixar o nível, é aí que Yoda se supera...


Utilizando um crachá falso da Carta Maior, homem apontado como sendo agente do serviço de inteligência da Brigada Militar (a PM gaúcha) acompanhou manifestação de servidores públicos contra governo Yeda Crusius (PSDB) tirando fotos dos manifestantes. Episódio configura falsidade ideológica e documental, dois crimes previstos no Código Penal. Não é de hoje que servidores de órgãos de segurança disfarçam-se de fotógrafos no Rio Grande do Sul, identificando-se por vezes como profissionais de imprensa para espionar manifestações de sindicatos e movimentos sociais.

- da Carta Maior, clique aqui para saber mais

3 comentários:

Dialógico disse...

É isso aí, Guga!

vamos por a boca no trombone e denunciar a chinelagem do gover-ninho!

Abração!

el barto disse...

e vai se esperar o que do governo mais SAFADO da história do rs?

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

E ninguém do PIG diz q o RS está virando uma ditadura! Enqto isso caluniam de ditadores governos de esquerda só pq estes ñ estão de joelhos para os mercados neoliberais. E o pior é q tem inocente q ainda vai na onda e chama o Chávez, o Morales e até o Rafael Correa de ditadores...

Lamentável!